O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

Quando está mais cansado, o Pedro faz uns murmúrios de Mimo enquanto lhe faço festinhas para adormecer. O Tomás, na cama ao lado, dez minutos depois dos “mmmmm mmmmm mmmmmm” do irmão: Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos olhos do Tomás

No carro.
– mãe, vamos fazer contas? Tu dizes e eu adivinho!
(Ele não sabe fazer grandes contas com 4 anos, mas aceitei o desafio)
– vamos, Tomás. 2+2?
– 4! Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

– mãe, hoje aprendi o que é um mamífero. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

O Tomás a contar uma história ao Pedro: Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

– mãe, os dinossauros já não existem pois não?
– não, já não. Porquê, Tomás? Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

Martisses Ilustração

– Mãe, hoje falámos do Festival da Eurovisão na minha escola e da música do Portugal que ganhou!
– A sério, filho? Que bom que falaram! É uma música tão linda, não é? Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

Tomás corre atrás do Pedro: Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

– É muito bom ir para fora uns dias mas também é muito bom voltar para casa, não é Tomás?
– É, senhora freguesa.
– Senhora freguesa?
– Sim, não posso chamar-te sempre mãe, dona polpa de tomate.

(Opá, o que é isto? 🙄)

 

Beijinhos!

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

O Coelhinho da Páscoa deixou ovinhos de chocolate no terraço durante a noite. De manhã, depois da bem sucedida caça ao ovo: Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos olhos do Tomás 8

– Mãe, hoje houve um teatro na escola e a mana do Miguel Carvalho é que fez porque já é crescida. No fim, deu autógrafos a todos mas não deu a mim nem ao Miguel Carvalho, mas não é justo porque ele portou-se bem. E eu também, mas não pedi. Continuar a ler