O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Todos os pais sabem o que isto é!

tania-ribas-de-oliveira-o-nosso-t2Bom dia!

As manhãs de todas as famílias são sempre uma lufa lufa, mas com organização tudo se faz! Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Consultório – Respostas da semana

Com a chegada de mais uma sexta-feira, as respostas às questões colocadas no decorrer da semana já estão disponíveis.

O Nosso T2 Consultorio Respostas da Semana

Ana Isabel
Boa tarde, a minha menina tem 2 meses 10 dias, pesa 5,570 e mede 58cm, desde o nascimento mama e depois suplemento. Se mamar apenas 90 e se for suplemento só 120, atualmente por vezes queria 150.

Contudo há dias apenas quer a mama( por vezes bebe o leite inicial e depois fica irritada para tirar o leite gordo e outras vezes a mama está muito mole e chora), no entanto já n quer o suplemento e se bebe é tipo 20 ou 30 e se for só suplemento tb reduziu bastante…tenho receio que fique com fome mas também não a quero obrigar. Que será… Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Agora Tânia – A Sexualidade e as Crianças

Olá a todos!

No “Agora Tânia” desta semana abordámos um tema que deixa a maioria dos pais sem saber o que responder quando as crianças questionam. A sexualidade e as crianças, as brincadeiras e as perguntas que surgem quando começam a crescer.

Como explicar às crianças de onde vêm os bebés?

Quando a típica pergunta “de onde vêm os bebés” surgir, provavelmente não haverá respostas na ponta da língua. No Agora Nós, recebemos a Psicóloga Vera Lisa Barroso da Oficina de Psicologia.

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Passatempo  – Halibut Derma® Emulsão corporal

shutterstock_131544053

Olá a todos!

Nunca são demais as oportunidades de partilhar convosco, principalmente quando o Natal está mesmo à porta 🙂

Por isso, hoje lançamos um novo passatempo para vos dar a oportunidade de ganharem mais produtos HALIBUT Derma® para mimarem os vossos bebés da melhor forma.

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Parabéns, Tomás! 3 anos

Parabéns, Tomás! 3 anos

Voarei contigo, meu amor pequenino, para toda a parte. Serei tua co-piloto nos pequenos grandes vôos no céu do teu quarto e nas longas viagens que farás vida fora. Levanto vôo todos os dias nas asas da tua imaginação, meu Comandante de alma livre e coração puro.

O melhor do mundo és tu e o teu irmão. O Melhor do mundo é o vosso pai que me vos ofereceu. De presente, de bandeja, de coração aberto e abraço apertado. Como é possível que o Amor, sendo tão vago, possa ser tão especificamente traduzido pelos vossos olhares e pelas vossas mãos?

Falemos apenas de ti, que hoje o dia é teu. Dava-te uma coroa se a quisesses, mas preferes a medalha que o pai te ofereceu.

– “sou um herói, mãe”.

Nem imaginas o quanto. Salvaste-me quando me nasceste no mais lindo dia de Dezembro de 2012. Salvaste-me, sim. Da tragédia que seria não ser eu a tua mãe. Quando nasceste eu renasci. Aprendemos juntos a ser tantas vezes e de novo um só. Que benção imaculada, esta, de te ver crescer ao segundo. De te ver rir e dançar. De te contar histórias. De ouvir as tuas histórias, tão mais criativas do que as minhas. Do que as dos livros todos que tens no quarto, que são muitos. Sabes lá, Tomás, do orgulho que sinto em andar contigo de mãos dadas. De te levar ao colo quando te lembras que és pequenino. De subir todos os muros da escola até casa, sempre os mesmos, todos os dias. De viajar contigo nas tuas palavras, nas tuas questões, nas poucas dúvidas confessas e nas tuas muitas certezas: gostas de pêra madura, de maçã e de banana. De amarelo. De quentinho. Da Patrulha Pata e da Dora. De plasticina. De fingir que conduzes ao volante do carro do pai. Gostas de cães e de cavalos. Gostas do Bauer. Gostas das meias dobradas e dos velcros dos ténis bem apertados e “direitinhos”. De mangas arregaçadas. De ir ao teatro, ao cinema e à natação com os amigos. De pisar folhas secas e de dizer que no Outono também está sol e frio e chuva e tudo. Gostas de dormir na nossa cama de manhã depois do leite morno. Gostas de chegar primeiro. De fazer as mesmas perguntas para ouvir sempre as mesmas respostas. Gostas dos aviões de papel do avô Artur. Gostas de saber para onde vais e quando e como e com quem e porquê. Gostas de dizer que gostas. “Da mãe, do Pai do Pedro e do Bauer na nossa casa que é tão linda”.

 

Hoje fazes três anos, filho: o mundo é teu.

O mundo e este meu abraço.

Hoje e sempre, para todo, todo o sempre, o meu colo à tua espera.

Parabéns e mais um beijo a transbordar de Amor.

Da tua mãe orgulhosa,

Tânia

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Negociar o dia mais importante das nossas vidas

Plano de partoDesde que temos a confirmação da gravidez há um sem número de coisas que pensamos, organizamos, planeamos e imaginamos. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

ADOTE UMA FAMÍLIA FAÇA PARTE DESTA HISTÓRIA

Sou madrinha do Banco do Bebé e não posso deixar de partilhar esta informação que me enviaram esta semana:

Na primeira visita que realizámos a uma família, encontrámos mãe e filho num quarto alugado, numa casa partilhada. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Quero amamentar… o que preciso?

Quero amamentar… o que preciso

Chega a altura de fazer a mala para a maternidade e logo a mãe pensa nas roupinhas do bebé. Mas para além disso é preciso preparar as coisas em casa para que a novidade maravilhosa de ter um filho não seja camuflada pelo stresse de nos faltar alguma coisa! E mais especificamente relativamente à amamentação, podemos munir-nos de algum material que decerto poderá ajudar-nos a que a amamentação corra pelo melhor. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Amamentar… direito, dever ou obrigatoriedade?

Amamentar… direito, dever ou obrigatoriedade

Nos dias de hoje o aleitamento materno é uma temática incontornável quando falamos da maternidade. No entanto, as opiniões dividem-se e temos por vezes muita dificuldade em conseguir aceitar diferentes perspetivas. É importante termos sempre noção de que cada mãe vive a sua experiência de gravidez e maternidade de um modo muito próprio. As alterações físicas e emocionais (tantas hormonas à solta!!!) decorrentes da gravidez e pós-parto são motivo suficiente para que a mulher se questione ela própria das suas convicções. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Amor de Mãe

Só apetece encher de beijos o dia inteiro!

11800008_865541786863320_6757255400714530148_n