O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Escolher entre o sim e o não pode não ser a única solução

Já reparou como na educação das crianças utilizamos frequentemente as palavras sim e não?

Como pais, educadores e familiares socorremo-nos do sim para autorizar e o não para proibir algum comportamento. Sem nos apercebermos, são os vocábulos mais utilizados no nosso dia (já sem contar com os momentos em que os repetimos, “já disse NÃO! E não é não!”…)

Já pensou qual é a palavra mais utilizada aí em casa? Ganha o sim ou não? Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Ser agradecido, ser feliz!

ser-agradecido-ser-feliz-o-nosso-t2-blog

Porque a gratidão vai além da palavra obrigado.

Quantas vezes dizemos às nossas crianças algo como “Já disseste obrigada?”, “Não te esqueças de agradecer…”. Estamos a ensinar aquilo que os nossos pais, avós e familiares nos ensinaram: que é educado dizer obrigado! Mas e se pensarmos que um simples obrigado não é apenas boa educação, mas pode ser uma forma de ensinarmos as crianças a serem felizes? Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

“Dá, dá!” ou o Pedro na grande aventura de comer sozinho

aventura-de-comer-sozinho-o-nosso-t2

Bom dia!

O Pedro está a lançar-se na grande aventura de comer sozinho! Fez um ano e meio no sábado e sente que chegou a sua altura de ser mais autónomo. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

10 pontos-chave para educar uma criança

10-pontos-chave-para-educar-uma-crianca-O-Nosso-T2-Blog

Educar não é fácil e não existe um manual de instruções que seja entregue aos pais explicando tim-tim por tim-tim o que devem fazer em determinada situação, em determinado momento e de acordo com cada reação do filho. A própria definição da palavra “educar” é difícil de estabelecer. Imagine colocá-la em prática. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Palmadas, para que vos quero?

palmadas-para-que-vos-quero-O-Nosso-T2-Blog

Sempre que se aborda o tema da parentalidade, uma das questões que surge invariavelmente é sobre as palmadas: afinal, deve-se ou não bater nos filhos? O desafio que educar uma criança representa, leva os pais muitas vezes a terem um ataque de nervos e a perderem a paciência e é muitas vezes nesta reação que surge a palmada, na forma de uma resposta geralmente impensada e imediata.

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Regras que libertam

O-Nosso-T2-Blog-Oficina-de-Psicologia-Regras-que-libertam

Cada vez mais se fala da importância das regras na educação das crianças e se ouvem com frequência frases assim: «Hoje em dia as crianças não têm regras!», «Não respeitam ninguém» ou «A culpa é dos pais que não põem regras».

É tão difícil ser pai/mãe hoje em dia com tanta pressão para ser qualquer coisa, que parece que nunca nada está bem ou que é suficiente.

Estas frases irrompem-se nas notícias, nas reuniões da escola, nas conversas no parque.

Mas, afinal, o que é isto das regras e para que servem?

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Seja eficaz quando dá uma ordem ao seu filho

Seja-eficaz-quando-da-uma-ordem-ao-seu-filho-oficina-psicologia-o-nosso-t2

Por vezes é preciso falarmos de forma mais séria e darmos ordens aos mais pequenos. Nestas situações convém ser firme e eficaz. Deixamos estas dicas úteis.

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

As maravilhas de um livro no desenvolvimento infantil

As-maravilhas-de-um livro-no-desenvolvimento-infantil-o-nosso-t2-blog

No jardim-de-infância e na escola é comum as crianças e adolescentes serem convidados a participar na hora do conto, na biblioteca de turma e outras iniciativas orientadas para a leitura. Também no contexto familiar, é igualmente importante promover hábitos de leitura. Estimular as crianças e jovens para a leitura é um processo no qual os pais devem participar e envolver-se positivamente. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

O meu filho bateu-me!

Esta história já aconteceu aí em casa?

É provável que sim, não fique triste, nem desanimado pois não é o único a sofrer a ira do seu filho. Diria até que é normal a determinado momento a criança bater nos pais ou num adulto.

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Consultório – Respostas da Semana

consultorio-respostas-da-semana

Boa tarde! Já temos as respostas da Drª Filipa às questões que foram colocadas esta semana. Não deixem de ler, pois nunca se sabe se estas dúvidas não são também vossas!

Continuar a ler