O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Comer e dormir

Deixava o seu filho o dia todo em comer? Então e sem dormir?

Quantas vezes ouvimos “tinha tantas coisas para fazer que não consegui mesmo que fizesse as sestas” , “foi dormindo 10 minutos no carrinho, mais 15 no carro, mais um bocadinho ao meu colo… ” “é tão difícil para adormecer e acorda tantas vezes durante a noite, não percebo porquê”  Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

5 sinais de que o seu bebé está muito cansado e precisa de dormir mais

Um dos fatores que mais influencia o sono do bebé é o cansaço. É importante perceber que o cansaço na criança não é igual ao cansaço no adulto. Na criança o cansaço extremo ou falta de sono, revela-se na forma de agitação e inquietude, como se fosse um excesso de estímulo e energia que dificulta o adormecer e a entrada no sono profundo, bem como a capacidade de juntar ciclos e manter o sono durante a noite.

Quais são então os sinais que o bebé nos dá de que está demasiado cansado e de que precisa de dormir mais?

Faz sestas curtas durante o dia e muitas vezes acorda a chorar.

Quando o bebé faz sestas de 20/30 minutos e acorda a chorar é um sinal de que não dormiu tudo aquilo que precisa. Muitas vezes o bebé faz só um ciclo de sono e quando acorda não consegue voltar a adormecer sozinho. Se acorda a chorar, ou se pouco tempo depois de acordar já está novamente a dar sinais de sono, devemos tentar que faça mais do que um ciclo em cada sesta, ajudando-o a voltar a dormir.

Está rabugento durante o dia, ficando cada vez mais agitado.

Quando uma criança não dorme, o cansaço vai-se acumulando e a criança pode tornar-se menos tolerante e ficar mais rabugenta com o passar do tempo. Normalmente crianças que dormem pouco são mais intolerantes, mais irrequietas, choram mais facilmente.

Este cansaço extremo também se pode apresentar na forma de energia, parecendo crianças muito enérgicas e irrequietas que passam facilmente de um estimulo para outro sem se concentrar em nenhum.

Chora muito para adormecer, parecendo que resiste ao sono.

Quando o cansaço se acumula durante o dia, o bebé pode estar muito agitado na hora de dormir, o que se vai refletir no que os pais chamam de “luta contra o sono”. Na verdade, nada mais é do que uma incapacidade para desligar a agitação. O bebé quer muito e precisa muito de dormir mas é muito difícil voltar a acalmar e estar num estado de tranquilidade para adormecer facilmente.

Acorda passado pouco tempo depois de o ter posto a dormir.

Um dos sinais mais frequentes de que o seu bebé está a ir para a cama demasiado cansado é o facto de despertar muitas vezes nas primeiras horas de sono. Muitas vezes estas crianças que não dormem bem durante o dia, ao serem postas na cama demasiado cansadas, voltam a despertar pouco tempo depois de adormecer. Isto deve-se ao facto de mais uma vez não estarem tranquilos o suficiente para dormir e juntar ciclos de sono. Com a agitação que adormecem, o cérebro não consegue “desligar” e desperta ao fim do primeiro ciclo de sono.

 Acorda muitas vezes durante a noite sem causa aparente.

Quando o seu filho acorda de hora em hora durante a noite sem causa aparente, pode estar mais uma vez relacionado com o facto de não ter ido para a cama no estado de tranquilidade pretendido. Pode não ter dormido o suficiente durante o dia ou estar a ir para a cama demasiado tarde. O cansaço reflete-se muitas vezes na incapacidade de juntar ciclos de sono durante a noite.

Leonor Serrano Martins

Psicóloga Clínica especializada no Sono do Bebé e da Criança

www.osprimeirosanos.com

osprimeirosanos@gmail.com

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Como ajudar o recém nascido a distinguir o dia da noite?

Quando nasce, o bebé não vem ensinado a distinguir o dia e a noite. Enquanto para uns isso surge naturalmente e mais rapidamente, para outros é mais demorado e podem precisar de um empurrão. Por norma, por volta das 6/8 semanas já todos os bebés conseguem distinguir o dia da noite e começam a ser capazes de fazer sonos mais longos e a precisar de cada vez menos interação durante a noite. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

5 hábitos que promovem uma boa noite de sono

 

Para promover uma boa noite de sono na criança devemos dar especial atenção ao momento que antecede o adormecer.

Falei anteriormente dos factores que influenciam o equilíbrio do bebé dia-noite. Falarei agora em particular sobre o momento que antecede a ida para a cama e sobre os hábitos que devemos manter na hora de deitar para promover uma boa noite de sono.

Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Se está tudo bem, então não há problema

A culpa e a pressão na maternidade -Parte 1

Este texto é dedicado às mães que muitas vezes sentem culpa, por acharem que não estão a fazer tudo como é “suposto” fazer. Dou por mim muitas vezes em consulta a desculpabilizar as mães pois, na verdade, não estão a fazer nada de errado, e acabo por repetir vezes sem conta : “Se o seu filho dorme bem, se se está a desenvolver bem, se é um bebé feliz e bem disposto, então não há problema.” Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

O sono do seu bebé: O equilíbrio entre o dia e a noite

O que é que leva a criança a acordar várias vezes durante a noite? Porque é que alguns bebés resistem a adormecer?  Porque é que alguns bebés dormem pior do que outros? Continuar a ler