O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Bom dia!

Uma semana de férias para descansar o corpo e a alma! Uma semana em Julho, regresso ao trabalho e tiro o resto das férias em Agosto! O melhor de tudo? Estarmos juntos, naturalmente. Juntos e sem horários nem obrigações! Cereja no topo do bolo? Passar férias com amigos do coração, com filhos também pequenos e sobrinhos grandes que adoram os pequenos. Dar mergulhos pela manhã na praia, vê-los apanhar ondinhas com pranchas pequeninas e braçadeiras (😂), o Pedro a conquistar a areia de fralda e sorriso constante nos lábios e os pais felizes. Sestas saborosas depois de almoços bons e regresso à praia para fins de tarde quentes e preguiçosos. É uma semana a saber a mais, porque aproveitamos os dias ao segundo. Mesmo que seja a não fazer nada, ou talvez exactamente por isso.

Tânia Ribas de Oliveira

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Vamos ajudar o Sonhar+?

O projeto Sonhar+ tem como objetivo fazer a diferença na vida de 140 crianças e jovens que residem atualmente no orfanato de Chitwan, situado no Nepal. Para contextualizar, o Nepal é um país onde ainda está implementado o sistema de castas e este orfanato acolhe crianças apenas da casta Chepang que está posicionada na base do sistema. Razão pela qual os indivíduos associados a essa casta são marginalizados e não recebem qualquer tipo de apoio. No caso destas crianças, 140, residem num orfanato que não tem condições básicas para as acomodar com dignidade. Atualmente dormem cerca de 30 crianças em cada quarto. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Assim foi o aniversário do Pedrinho

Com alguns dias de atraso, aqui vai um resumo do aniversário do Pedrinho! O meu pequenino fez dois anos na sexta feira, dia 7 e o dia foi lindo! Começámos por ir cantar os parabéns de manhã à creche, fomos os quatro (o Tomás não foi à escola nesse dia) e o Pedro estava tão Feliz! Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Parabéns Pedrinho!

Chorei muito no dia em que nasceste, Pedro. Primeiro com medo, quando me despedi do teu irmão de manhã cedo. Ele foi para a escola com o pai, sem sonhar sequer que iria deixar de ser filho único nesse dia. Ele não sabia, mas sabia eu. Abracei-o, cheia de nós na garganta e a travar as lágrimas à força e disse “até logo, meu amor”. “Até logo, mãe!”, respondeu, com os seus já muito expeditos dois anos e meio. E saiu aos saltinhos de mão dada ao pai, sim, que o teu irmão anda aos saltinhos desde sempre, não é de agora. Chorei muito quando ele saiu, com medo que alguma coisa corresse mal no teu parto e eu nunca mais o visse. Coisas tão parvas, estas e outras, que passam pelo coração das mães. Estive para sair porta fora atrás do Tomás, mas ainda bem que não fui. Fui arranjar-me para te receber, pus-me bonita para o nosso primeiro encontro. O pai voltou e fomos, tranquilamente, para o hospital. Gosto de epidurais para não ter dor, não gosto de epidurais porque me doem e nunca pegam à primeira. Peço sempre para estar acordada, não quero anestesias gerais. Quero ver nascer os meus filhos! Contigo, apesar desta coisa toda, foi mais simples e quando me deitei na marquesa já com a anestesia a fazer efeito, senti-me absolutamente em paz. Estava pronta para te receber, de mão dada ao teu pai que te esperava de sorriso aberto e olhos brilhantes. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos olhos… do Pedro!

O Pedro está quase a fazer dois anos. E ontem, pela primeira vez, teve uma saída que partilho convosco.  Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Tempo de luto

Decidimos ir passar o fim-de-semana do meu aniversário fora. Fomos no sábado, voltámos na segunda-feira. Soube da tragédia dos incêndios à meia-noite, quando comecei a receber chamadas de parabéns.

Estávamos num bonito turismo rural na costa alentejana, no meio de um pinhal, numa noite que escaldava em todo o país. Os quatro no mesmo quarto e só se ouvia o silêncio da noite, de uma noite cujo silêncio era ensurdecedor. Ainda não havia histórias concretas, mas estar ali deu-me medo. Todos dormiram, menos eu. Podíamos ter sido nós, caramba. Podia ter sido qualquer um de nós. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

De coração cheio

Fiz anos ontem. Decidi, este ano, passar três dias na costa alentejana do meu coração com o João e os nossos filhos. Não poderia ter feito melhor à minha alma! Ficámos num turismo rural de sonho, tratados como família! As praias da costa vicentina já nós as conhecemos de cor e fizeram as alegrias dos quatro. Acordei no domingo com uma linda pintura dos meus filhos e os mimos foram-se seguindo com o passar das horas. Passam devagar as horas, no Alentejo. São saboreadas com o prazer único de quem está na melhor companhia do mundo. Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Bom dia!

Semana atípica, esta, que agora chega ao fim! Segunda-feira apresentei com o Malato as Marchas Populares de Lisboa! Adoro os Santos Populares, a tradição das marchas e a alegria que faz palpitar de uma forma única a cidade de Lisboa! Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Venham ter comigo!

Bom dia! Deixo-vos aqui o convite para aparecerem na Feira do Livro de Lisboa, no sábado, dia 10 de Junho, às 16h30! Continuar a ler

O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Fomos ao Zoo

Bom dia!

No sábado fomos ao Jardim Zoológico com a minha mãe! Netos e avó numa grande alegria e eu a partilhar cada segundo com eles! Foi a primeira vez do Pedro no Zoo! O Tomás já foi algumas vezes! Continuar a ler