O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

42. Cheguei! 🎉

42. Cheguei! Hoje é o dia do meu aniversário e, de há uns anos para cá, sinto que o mais importante que posso fazer é agradecer. À vida que me dá a possibilidade de viver a vida que sempre quis e que escolhi. À minha família, aos meus amigos, à minha profissão. A Deus. Ao meu Avô, que me mostra nos momentos mais importantes que está comigo e me protege. Faço 42 anos e sinto-me a mesma miúda de sempre. A mesma alegria, a mesma curiosidade, a mesma vontade de criar um mundo de paz porque não sei viver em guerra. Espero manter sempre a emoção à flor da pele com as coisas pequeninas: uma musica, uma borboleta branca, o riso dos meus filhos, o abraço do João, um brinde de amor entre amigos, a minha casa à luz de velas, um por do sol com a pele salgada. O meu avô chamava-me “distribuidora de afectos” e entre a ternura com que o dizia e o “Tanoca” da minha mãe… não sei quem melhor me leva ao colo. Se calhar o João, quando me trata por “pequenina” ou o “mummy” do Pedro e o “mãe mais linda” do Tomás. Tenho sorte, é inegável. Faço por isso, sim. Sou a melhor mulher e mãe que sei. Os meus amigos sabem que não lhes falho. Entrego-me com paixão à minha profissão e tento sempre dar a mão a quem mais precisa. Nunca fecho a porta do coração a quem vem por bem e os anos vão passando ao sabor das marés. Umas vezes em maré alta e outras em maré baixa mas a isso chamo viver. 42. E feliz. Tão feliz. Tão grata. Tão expectante sobre o que está para vir. Tão serena do meu presente e tão resolvida sobre o meu passado. Hoje é o dia do meu aniversário e vou vivê-lo ao segundo! Como vivo a minha vida. Todos os dias. Obrigada a todos, que tanto carinho que dão.