O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Pelos Olhos do Tomás

O Tomás veio parar à nossa cama esta noite, muito agitado. Dormiu connosco mas acordei cem vezes à conta dos pontapés. De manhã, ele impecável, eu de rastos.– Tomás, sonhaste com quê? Deste-me pontapés a noite toda…
(Desata-se a rir)
– mãe, sonhei que estava a brincar com o pinguim debaixo da neve e um golfinho sentou-se no único buraco por onde eu podia sair!!! Fiquei aflito e empurrei-o e até lhe mordi e tudo mas ele nem se mexeu, vê lá!!!
– ah… então foi isso… eu era o golfinho já vi!
– mãe, até tiveste sorte de não levares uma dentada, mas se fosses o pinguim tinhas dormido melhor porque ele nem me ajudou nada, só ficou a olhar! 😒

🐬🐧