O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Beijos que nos prendem para sempre

25 de Julho: comemoro hoje 8 anos de casamento com o João. Uma data que celebramos sempre, só os dois, para que possamos, olhos nos olhos relembrar tantos e tantos momentos da nossa vida e projectar o que está para vir.

Oito anos de casamento com mais 4 de namoro já faz uma dúzia de anos de vida comum com muitas histórias para contar. Sou muito feliz ao lado do João, sei que temos a mesma visão sobre a vida, somos muito diferentes na forma e muito parecidos no conteúdo. Sentimos um amor muito grande um pelo outro, pelos nossos filhos, pela nossa família que é a máxima prioridade. Gosto de ver traços dele nos meus filhos, no Tomás muitíssimo mais evidentes. Gosto de andar com ele de mãos dadas, da maneira como me chama “pequenina” e gostarei sempre do nosso beijo, como se fosse sempre o primeiro.

Acho que me apaixonei perdidamente pelo João há doze anos no momento exacto em que ele me beijou… há beijos assim, que nos prendem para sempre. Casámos no dia 25 de Julho de 2009, no dia (até essa data em que não tínhamos filhos) mais feliz das nossas vidas. Ainda hoje se fala do nosso casamento no nosso grupo de amigos como tendo sido inesquecível. Foi mágico, tudo perfeito e absolutamente irrepetível. A família radiante e emocionada, tantos amigos felizes por nós. O meu avô a dançar até as 6 da manhã, depois de ter cumprido o seu sonho de me ver casar e me levar à igreja “a meias” com o meu pai. Antes de entrar na igreja “é muita emoção, filha. Não consigo andar”. “Anda, avô! O dia chegou.” Saudade imensa.

8 anos de casamento de tantos por vir.

Meu amor, João.

Recebe um beijo (aquele beijo) da tua pequenina.

Tânia Ribas de Oliveira