O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Consultório – Respostas da semana

O Nosso T2 Blog Consultório da Dra. Filipa Respostas da Semana

A Dra. Filipa respondeu às questões da semana. Não deixem de ler, pois também pode ter respondido a alguma das vossas inquietações sobre a saúde dos nossos pequenos. 🙂

Sao Estrela
Bom dia Dra.
Tenho um neto com 7 anos que adora iogurtes líquidos com bifidius, pode beber ou não?
Está é a minha dúvida �obrigada

Olá São,
Pode dar, sem problema.

Filipa Capote
Olá bom dia!
Eu tenho uma menina com quase 11 meses. Ela sempre foi muito curiosa com os alimentos e tudo o que fosse possível de ter sabor. É uma miúda com imensa energia e tem atitudes muito desenvolvidas para a idade. Já enjoou das sopas passadas, das papas, apesar de ainda mamar (mais à noite) acho que o leite em pó já não lhe diz muito ao paladar 🙂 bem tem sido um desafio, há dias que não gosta de nada. A questão maior é que ainda não tem dentes mas quer a comida inteira, mesmo se for rijo, claro que depois não consegue consumir o suficiente para se alimentar, penso eu. Por exemplo eu sempre comi de tudo, mesmo estando grávida (duas vezes) e no período da amamentação, nunca tive problemas de alergias e o meu primeiro filho também não. Sei que existem alimentos que não devemos dar aos mais pequenos mas é incrivel como ela tem tendência a só querer alimentos menos próprios à sua idade. Isto porque se ela pedir para experimentar porque nos vê a comer normalmente deixo, não creio que seja bom ela ficar fixa a olhar sem poder provar, mas depois gosta, adora pasta de amêndoa de barrar, ou mexilhão (só lhe dei uma vez a provar mas ela parecia querer o prato todo). A minha questão é até que ponto devemos proibir um tipo de alimentação quando existe uma tendência da criança nesse sentido… é que já não aguento ver papas e outros alimentos a irem para o lixo! Ela trinca tudo com a gengiva às vezes penso como será quando tiver dentes 🙂 Obrigada desde já pela oportunidade.
Um abraço.

Olá Filipa,
É bom que a sua filha manifeste esse interesse por novos alimentos e que os aceite com facilidade. Mas o risco de alergia existe com alguns alimentos e não há grande vantagem do ponto de vista nutricional em introduzi-los mais cedo. Penso que é preferível optar por não comer à frente dela aqueles alimentos que ainda não iriam introduzir para já na sua alimentação. Não me parece que vá limitar muito a gama de alimentos que lhe pode oferecer, que nessa idade já é muito vasta. Mas parece-me bem que dê os alimentos sem ser triturados, se é assim que ela os prefere! O facto de não ter ainda dentes não é, na maioria das situações, uma limitação para ingerir sólidos menos triturados. Tenham apenas atenção para a eventualidade de se engasgar.