O Nosso T2, por Tânia Ribas de Oliveira

Consultório – Respostas da semana

consultorio-respostas-da-semana-o-nosso-t2
A Dra. Filipa responde às questões da semana. Vejam se também esclarece alguma das vossas dúvidas. 🙂

Sara De Sousa Moledo
Bom dia! Tenho uma bebé de 8 meses que não usa nem chupeta nem biberão. Ainda da muitas vezes durante a noite e só se acalma quando lhe dou a mama. A minha filha mais velha tb era contra as chupetas e biberoes, mas aos 8 meses já tinha noites que dormia horas seguidas. A minha mais pequenina, ainda acorda muitas vezes e quer sempre mama… Há alguma coisa Que possa fazer? Já não sei o que são 8 horas de sono desde que la nasceu 🙂 🙂 Beijinho Dra, beijinho Tânia!!!

Olá Sara,
As chuchas ajudam os bebés no processo de se acalmarem. Mas não há muito a fazer se já tentou oferecer à sua bebé e ela não a aceitou. Poderá insistir (tentando trocar a forma/ tamanho), mas não é muito provável que vá agora aceitar. Alguns bebés, em alternativa à chucha, utilizam o dedo, o que também não parece ser o caso da sua filha. Neste momento parece que está a utilizar a mama como consolo nos despertares nocturnos. Não é provável que aos 8 meses ainda precise de ser alimentada várias vezes durante a noite. Se a sua filha come bem durante o dia (leite materno e outros alimentos) e se está a progredir bem no peso, pode tentar não dar leite materno quando ela acorda durante a noite (oferecendo apenas à ceia e novamente de manhã) e tentar consolá-la e levá-la a readormecer de outra forma. É natural que chore nas primeiras noites, porque está habituada a acalmar dessa forma. Mantenha-se perto dela e reconforte-a mostrando que está presente. Progressivamente vá diminuindo a sua intervenção nestes despertares, para que a sua bebé aprenda a adormecer sozinha. Espero ter ajudado.

Antonio Fernandes
Bom dia gostaria de saber se ao ter muita comixao no pescoço na zona da garganta ,pode ser alguma doença relacionada com câncer ogb

Olá António,
Pela sua descrição não me parece que tenha relação, mas uma vez que não o observei e não me descreve outros sintomas, sugiro que recorra ao médico que o acompanha para que possa ser devidamente avaliado